“Pecado Mortal” continua sendo problema na Record

Por  |  0 Comentários

Ainda não há nenhum terror quanto à baixa audiência de “Pecado Mortal”. Os seus números, segundo a Record, são superiores aos de “Balacobaco” e “Dona Xepa” que a antecederam.

Também é verdade que não é uma novela para registrar índices tão baixos. Existe uma história interessante sendo contada, a produção – mesmo em se tratando de um trabalho de época – é caprichada, como são precisos os desempenhos da sua direção e elenco. Está complicado descobrir onde está pegando para justificar os 6 ou 7 pontos atuais.

Novela na Record, apesar de uma ou outra coisa, sempre foi um problema. É aquilo: tem autor da Globo, artistas da Globo, iluminador da Globo, maquiador da Globo, … mas não é novela da Globo. Desde “Direito de Vencer”, em 1997, até agora, os seus sucessos foram poucos.

Há quem afirme, dentro da própria emissora, que é chegada a hora de analisar este assunto com maior profundidade e buscar alternativas que possam ser mais vantajosas para a sua teledramaturgia.

Talvez, até, parar com a produção de novelas, embora isso possa parecer drástico demais, para investir nas minisséries – que sempre ofereceram um bom retorno ou mesmo em séries, como se planeja através dos especiais de fim de ano.

O texto acima e do colunista Flávio Ricco por tanto as opiniões expressas aqui são de responsabilidade do autor do texto, e não refletem a opinião do site Todo Canal.

Elenco de "Pecado Mortal" - Foto: Divulgação

Elenco de “Pecado Mortal” – Foto: Divulgação

Comments

  • paulaloffer

    São as novelas que fidelizam o publico. Os executivos da Record não podem cair na pilha e na cuidadosa manipulação de ideias e informações que vem sendo feita a muito tempo para destruir o excelente trabalho de teledramaturgia realizado no RECNOV. Pergunta que não quer calar: Por que somente 1 instituto no Brasil mede a audiência da televisão? Por que só o IBOPE? Por que o instituto NIELSEN até hoje não esta em funcionamento? Não entendo como nem o governo nem as empresas não se posicionam contra esta ditadura da informação imposta por esta unica fonte de dados. Na Argentina este monopolio foi quebrado e os numeros da audiencia mudaram completamente. CAROS “EXECUTIVOS DA RECORD” NÃO CAIAM NA PILHA DOS BLOGS DA INTERNET (COMPRADOS PELA GLOB-GLOB) NEM SEJAM INFLUENCIADOS POR ESTA MANIPULAÇÃO DE DADOS. Colocar nos posts que enlatados dão mais audiência que produções nacionais são parte desta manipulação de ideias. Não sejam “Naif” o leão vence o lobo!